• Luan e Leomar
    O município de Santa Helena está localizado no Centro da Costa Oeste do Paraná, às margens do Lago de Itaipu. Foi nesta cidade que nasceram os irmãos Luiz Omar (Luan) e André Kuhn (Leomar). Em 1983 já se apresentavam em programas dominicais da rádio local.

    A dupla Luan e Leomar, formada em 1983, é composta pelos irmãos Luiz Omar Kuhn. O Luan, nascido em 12/4/1974 na cidade de Santa Helena/PR e Leomar André Kuhn, nascido em 30/11/76 também na cidade de Santa Helena.

    Inciaram a carreira artística apresentando-se na Rádio Grande Lago, de Santa Helena, interior do Paraná, apresentando-se todos os domingos. Tornaram-se atração da Rádio e participaram de festivais na região de Santa Helena. Fizeram excursão ao sul do país, percorrendo diversas cidades do Rio Grande do Sul e apresentaram-se também no Paraguai.

    Com o incentivo de amigos e familiares os meninos começaram a participar de festivais nos Estados Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 92 foram descobertos por um produtor de Franca/SP. “Ele nos fez o convite para mudarmos para Franca. Não pensamos duas vezes e viemos para cá e aqui moramos até hoje”, diz Luan.

    Em 1992, transferiram-se para a cidade de Franca/SP a fim de buscar novos horizontes na carreira artística. Durante quatro anos apresentaram-se em bares e restaurantes da região.

    Viver de música não é fácil, é preciso muito amor e dedicação, afinal as coisas não acontecem logo de cara. Os meninos sabiam disso e encararam o desafio. “Logo que chegamos montamos uma banda e ficamos cinco anos tocando em restaurantes, bares e casas noturnas da região”.

    Enquanto se apresentavam, guardavam o sonho de gravar o primeiro CD ‘Quando Bate a Saudade’, arranjado e produzido pelo maestro Pinócchio. “Foi gravado e mixado num dos maiores estúdios de São Paulo, o Mosh”, conta entusiasmado, completando que “o disco não foi só a realização de um sonho, ele nos ajudou a ficarmos conhecidos”, com ajuda de amigos gravaram em 1996.

    Segundo conta, a música ‘Nelore Valente’ de Antônio Carlos da Silva e Sulino fez um tremendo sucesso tocando, inclusive, nas rádios de São Paulo e interior e em vários Estados do Brasil.

    Para atestar o sucesso da música, Luan conta que a canção foi incluída no CD Bailão de Peão 1 do locutor de rodeios Marco Brasil, que superou a marca de 800 mil cópias.

    Foram destaques também no primeiro CD da dupla as faixas Ainda neste mesmo disco, as músicas
    "Apaixonado", de José Rico e José Raimundo e "Herança Nativa" que fizeram parte do CD Clube da Viola 1 e vendeu mais de 200 mil cópias. “Estes discos foram o divisor de águas da nossa carreira. Foi bom demais”.

    Em 1999, a dupla teve a música "Mexe que é bom" incluída no CD "Clube da viola - volume 2".Até 2002, a dupla continuou se apresentando em diferentes cidades e estados brasileiros, embora sem gravar novos discos.

    Em 2003, o segundo CD chegou intitulado “Coração de Mulher” também produzido por Pinócchio e Toninho Mesquita com co-produção de Marcos Pontes, o Caixote, teve como destaque as músicas ‘Tô Morrendo de Saudade’ e a versão ‘Pra Sempre Vou te Amar’.

    Em 2004, apresentaram show na "Boate Rodeio", em Franca/SP. Já o terceiro, levou o nome "Na Boca do Brasil" com a produção e arranjos do renomado Mário Campanha. “Esse foi um dos melhores discos de nossa carreira, com ele fizemos vários programas de TV e rádio. Na Boca do Brasil (2006) é o terceiro álbum de Luan e Leomar.

    Com a produção do renomado Mário Campanha e com arranjos do próprio Mário Campanha, Piska, Rick Ferreira e Grupo Tradição, o CD traz 14 faixas no melhor de seu estilo, incluindo "De Segunda a Segunda", "Seu Melhor Namorado" e "Luz Vermelha", alguns dos destaques.

    O quarto CD, ‘Luan e Leomar ao Vivo’ foi lançado em 2005, ano em que comemoraram 10 anos de carreira.
    “Foi nosso primeiro disco ao vivo e o primeiro DVD. Fizemos uma coletânea baseada em nossos CDs e shows; saiu com o nome ‘Luan e Leomar ao Vivo’ É muito gratificante olhar e ver através da música dos CDs gravados a nossa história, a batalha para chegar onde chegamos”.

    Vale dizer que o disco foi gravado na cidade de São João Batista do Glória - Portal da Serra da Canastra, em Minas Gerais. Em 2007 gravaram em Franca o quinto CD e o primeiro acústico. O disco foi gravado em um bar tradicional da cidade chamado Boteco do Lu. “Este CD é uma homenagem ao nosso trabalho na noite quando fazíamos os barzinhos, o show é baseado nessa nossa trajetória”, diz completando que esse é um projeto antigo.

    Com uma equipe formada por 18 pessoas entre músicos, produtores e motorista, a dupla conta com ônibus próprio, um Marcopolo 96. “Tudo o que ganhamos investimos na carreira. Esse ônibus é ótimo, não apresenta problemas de mecânica. Adaptamos bancos-leito e instalamos DVD, som e tudo o que temos direito. Se quisermos, podemos inclusive ensaiar dentro do ônibus. Afinal, passamos mais tempo dentro dele do que em nossas casas”.
    Top Vídeos
    #Video 1
    #Video2
    Vídeo #3
    Vídeo #4
    Vídeo #5
    Vídeo #6
    Vídeo #7
    Vídeo #8
    Vídeo #9
    Curta no Facebook
    Top 10 Músicas
    :: Apelido Carinhoso
    Gusttavo Lima
    1
    :: Apelido Carinhoso
    Gusttavo Lima
    2
    #2 Largado Às Traças
    Zé Neto e Cristiano
    3
    #3 Propaganda
    Jorge e Mateus
    4
    #4 Estranho
    Marília Mendonça
    5
    #5 Bua Bua
    Naiara Azevedo
    6
    #6 MC Lençol e DJ Travesseiro
    Luan Santana
    7
    #7 A Culpa É Dele
    Marília Mendonça
    8
    #8 Mundo de Ilusões
    Gusttavo Lima
    9
    #9 Olha Ela Aí
    Eduardo Costa
    10
    #10 Te Assumo
    Diego e Arnaldo
    O melhor do Sertanejo
    Site para amantes da música sertaneja, o Melhor do Sertanejo vem se tornando referência em divulgação eletrônica desde seu nascimento.

    Em 2013, totalmente reformulado, surge com uma proposta diferente para atingir tanto fãs quanto contatos importantes do mundo da música, assim fazendo com que a música sertaneja seja posta em evidência e novos artistas e-ou novas músicas impulsionados ao sucesso.
    Redes
    Sociais