• Top 50
    1
    #1 Apelido Carinhoso
    Gusttavo Lima

    Amor, não é segredo entre a gente
    Que o meu término é recente
    E você tá arrumando o que ela revirou

    E esse sentimento pendente
    Que insiste em bagunçar a minha mente
    Vai passar um dia, mas ainda não passou

    Eu sei que você poderia ter escolhido alguém menos complicado
    Que não tivesse, no presente, uma pessoa do passado
    Aceitar essa situação é uma forma de amor
    Mas eu preciso que você me faça só mais um favor

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    Eu sei que você poderia ter escolhido alguém menos complicado
    Que não tivesse, no presente, uma pessoa do passado
    Aceitar essa situação é uma prova de amor
    Mas eu preciso que você me faça só mais um favor

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    Ainda não me chame de meu nego
    Ainda não me chame de bebê
    Porque era assim que ela me chamava
    E um apelido carinhoso é o mais difícil de esquecer

    2
    #2 Largado Às Traças
    Zé Neto e Cristiano

    Meu orgulho caiu quando subiu o álcool
    Aí deu ruim pra mim
    E, pra piorar, tá tocando um modão
    De arrastar o chifre no asfalto

    Tô tentando te esquecer
    Mas meu coração não entende
    De novo, eu fechando esse bar
    Afogando a saudade num querosene

    Vou beijando esse copo, abraçando as garrafas
    Solidão é companheira nesse risca faca
    Enquanto cê não volta, eu tô largado às traças
    Maldito sentimento que nunca se acaba

    Vou beijando esse copo, abraçando as garrafas
    Solidão é companheira nesse risca faca
    Enquanto cê não volta, eu tô largado às traças
    Maldito sentimento que nunca se acaba

    Ô ô ô, ô ô ô
    A falta de você, bebida não ameniza
    Ô ô ô, ô ô ô
    Tô tentando apagar fogo com gasolina

    Meu orgulho caiu quando subiu o álcool
    Aí deu ruim pra mim
    E, pra piorar, tá tocando um modão
    De arrastar o chifre no asfalto

    Tô tentando te esquecer
    Mas meu coração não percebe
    De novo, eu fechando esse bar
    Afogando a saudade num querosene

    Vou beijando esse copo, abraçando as garrafas
    Solidão é companheira nesse risca faca
    Enquanto cê não volta, eu tô largado às traças
    Maldito sentimento que nunca se acaba

    Vou beijando esse copo, abraçando as garrafas
    Solidão é companheira nesse risca faca
    Enquanto cê não volta, eu tô largado às traças
    Maldito sentimento que nunca se acaba

    Ô ô ô, ô ô ô
    A falta de você, bebida não ameniza
    Ô ô ô, ô ô ô
    Tô tentando apagar fogo com gasolina

    Ô ô ô, ô ô ô
    A falta de você, bebida não ameniza
    Ô ô ô, ô ô ô
    Tô tentando apagar fogo com gasolina

    3
    #3 Propaganda
    Jorge e Mateus

    (Henrique Casttro / Os Parazim / Márcia Araújo / Diego Silveira)

    Ela queima o arroz Quebra copo na pia Tropeça no sofá Machuca o dedinho e a culpa ainda é minha Ela ronca demais Mancha as minhas camisas Dá até medo de olhar quando ela tá naqueles dias É isso que eu falo pros outros Mas você sabe que o esquema é outro Só faço isso pra malandro não querer crescer o olho Tá doido que eu vou fazer propaganda de você Isso não é medo de te perder, amor É pavor, é pavor É minha, cuido mesmo, pronto e acabou

    4
    #4 Estranho
    Marília Mendonça

    Deixa eu perguntar uma coisa
    Não tá dando certo entre a gente?
    Quem cala, consente
    Eu acho que deu pra entender

    Minha mão já não tá mais na sua
    A gente anda pela rua separados
    Nem parecemos namorados

    A aliança virou enfeite do dedo
    Nossa cama agora é só pra dormir mesmo
    E, no carro, parece que eu tô levando um simples passageiro

    Estranho
    Você me beija e minha boca estranha
    O seu carinho parece que arranha
    O seu abraço é tão solto, não consegue me prender

    Estranho
    Você me beija e minha boca estranha
    O seu carinho parece que arranha
    O seu abraço é tão solto, não consegue me prender
    Onde eu desconheci você?

    Minha mão já não tá mais na sua
    A gente anda pela rua separados
    Nem parecemos namorados

    A aliança virou enfeite do dedo
    Nossa cama agora é só pra dormir mesmo
    E, no carro, parece que eu tô levando um simples passageiro

    Estranho
    Você me beija e minha boca estranha
    O seu carinho parece que arranha
    O seu abraço é tão solto, não consegue me prender

    Estranho
    Você me beija e minha boca estranha
    O seu carinho parece que arranha
    O seu abraço é tão solto, não consegue me prender
    Onde eu desconheci você?
    Onde eu desconheci você?

    Estranho

     

    5
    #5 Bua Bua
    Naiara Azevedo

    Sempre pegava o busão comigo
    A gente dividia o mesmo fone de ouvido
    Na faculdade repartia o lanche
    Um misto frio uma lata de refrigerante

    A gente passou muita coisa junto
    Mas pra fazer besteira só precisa de um segundo
    Me arrependi de me deitar com outro
    Por essa aventura eu perdi a sua boca

    Os meus amigos me viram sorrir
    Sozinho escondido eu chorava
    Perdi a fome eu emagreci
    E no peito o coração pesava uma tonelada

    Amor enquanto você não voltar
    O meu coração não para de chorar e eu
    Buá, buá, buá, buá, buá, buá, buá
    Amor enquanto você não voltar
    Os meus olhos desidratam de chorar e eu
    Buá, buá, buá, buá, buá, buá, buá

    Sempre pegava o busão comigo
    A gente dividia o mesmo fone de ouvido
    Na faculdade repartia o lanche
    Um misto frio uma lata de refrigerante

    A gente passou muita coisa junto
    Mas pra fazer besteira só precisa de um segundo
    Me arrependi de me deitar com outro
    Por essa aventura eu perdi a sua boca

    Os meus amigos me viram sorrir
    Sozinho escondido eu chorava
    Perdi a fome eu emagreci
    E no peito o coração pesava uma tonelada

    Amor enquanto você não voltar
    O meu coração não para de chorar e eu
    Buá, buá, buá, buá, buá, buá, buá
    Amor enquanto você não voltar
    Os meus olhos desidratam de chorar e eu
    Buá, buá, buá, buá, buá, buá, buá

    6
    #6 MC Lençol e DJ Travesseiro
    Luan Santana

    O conquistador aposentou, pra mim já deu
    Troquei mil por uma e essa uma, por mil valeu
    Que dane-se as farras e os dias de Carnaval
    Pede pro DJ anunciar

    Por ela eu parei com os rolê, tô caseiro
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro
    Dei de presente o paredão pros parceiro
    Só ouço MC Lençol e DJ Travesseiro

    Parei com os rolê, tô caseiro
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro
    Dei de presente o paredão pros parceiro
    Só ouço MC Lençol e DJ Travesseiro

    O conquistador aposentou, pra mim já deu
    Troquei mil por uma e essa uma, por mil valeu
    Que dane-se as farras e o dia de Carnaval
    Pede pro DJ anunciar

    Por ela eu parei com os rolê, tô caseiro
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro
    Dei de presente o paredão pros parceiro
    Só ouço MC Lençol e DJ Travesseiro

    Parei com os rolê, tô caseiro
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro
    Dei de presente o paredão pros parceiro
    Só ouço MC Lençol e DJ Travesseiro

    Por ela eu parei com os rolê, tô caseiro (quê?)
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro (será?)
    Dei de presente o paredão pros parceiro (não, tô falando sério, eu juro!)
    Só ouço MC Lençol (te amo, minha nega)

    Parei com os rolê, tô caseiro
    Deixei pra trás o pegador, baladeiro
    Dei de presente o paredão pros parceiro
    Só ouço MC Lençol e DJ Travesseiro

    7
    #7 A Culpa É Dele
    Marília Mendonça

    Ei amiga, senta aqui, que cara é essa aí?
    Será que alguém morreu? O que aconteceu?
    O que quer me dizer? Por que cê tá chorando?
    Eu não tô entendendo, cê tá me assustando

    Lembro da noite, sim, que a gente saiu
    Cê disse que ia ali, logo depois sumiu
    Aonde você tava, como assim vou ficar brava?
    Que história é essa que aconteceu?

    O cara que eu tava deu em cima de você, foi?
    E aí você ficou com ele, mas foi uma vez ok
    Do que cê tá com medo de estragar a amizade
    Nem fica preocupada, a gente resolve mais tarde

    Se quem tava comigo era ele, a culpa dele
    Quem fez essa bagunça na nossa amizade é ele
    Eu não vou deixar de ser sua amiga por causa de um qualquer
    Que não respeita uma mulher

    8
    #8 Mundo de Ilusões
    Gusttavo Lima

    Ei, por que tá me ligando em plena madrugada
    Se entre nós dois não existe mais nada?
    Quer fazer com ele o que fez comigo

    Ei, será que você não consegue ser fiel?
    Tá falando comigo dentro de um motel
    Enganando ele como me enganou

    Não vai ser dessa vez
    Que vai fazer com ele o que você me fez
    Por favor, me escute logo de uma vez
    Seu amor é um mundo de ilusões
    Brincando com dois corações

    Será que dentro do seu peito não tem coração
    E a sua cabeça só pensa em traição?
    Sai pra lá com esse seu amor bandido
    E me traiu com ele, quer trair ele comigo

    Uô uô, você não sabe dar valor
    Uô uô, agora perdeu o meu amor
    Uô uô, e vai perder ele também
    Não deu certo comigo, não dá certo com ninguém

    Uô uô, uô uô, uô uô
    Uô uô, agora perdeu meu amor
    Uô uô, e vai perder ele também
    Não deu certo comigo, não dá certo com ninguém

    Não vai ser dessa vez
    Que vai fazer com ele o que você me fez
    Por favor, me escute logo de uma vez
    Seu amor é um mundo de ilusões
    Brincando com dois corações

    Será que dentro do seu peito não tem coração
    E a sua cabeça só pensa em traição?
    Sai pra lá com esse seu amor bandido
    E me traiu com ele, quer trair ele comigo

    Uô uô, você não sabe dar valor
    Uô uô, agora perdeu o meu amor
    Uô uô, e vai perder ele também
    Não deu certo comigo, não dá certo com ninguém

    Uô uô, uô uô, uô uô
    Uô uô, agora perdeu meu amor
    Uô uô, e vai perder ele também
    Não deu certo comigo, não dá certo com ninguém

    9
    #9 Olha Ela Aí
    Eduardo Costa

    Vi seu coração de pedra virar de algodão
    E o seu orgulho te jogar no chão
    No momento em que você me disse adeus

    Você se jogou num mar cheio de fantasias
    Você foi mudando da noite pro dia
    E, quando acordou, viu que não era eu

    Olha o que deu
    Olha o que deu

    Olha ela aí
    Deu volta no mundo e parou na minha porta
    E eu aqui
    Já tô te escutando há mais de uma hora
    Olha ela aí
    Me olhando, perguntou se ainda gosto
    Querendo rasgar o papel do divórcio
    Chorando, implorando o meu amor de volta

    Você se jogou num mar cheio de fantasias
    Você foi mudando da noite pro dia
    E, quando acordou, viu que não era eu

    Olha o que deu
    Olha o que deu

    Olha ela aí
    Deu volta no mundo e parou na minha porta
    E eu aqui
    Já tô te escutando há mais de uma hora
    Olha ela aí
    Me olhando, perguntou se ainda gosto
    Querendo rasgar o papel do divórcio
    Chorando, implorando o meu amor de volta

    Olha ela aí
    Deu volta no mundo e parou na minha porta
    E eu aqui
    Já tô te escutando há mais de uma hora
    Olha ela aí
    Me olhando, perguntou se ainda gosto
    Querendo rasgar o papel do divórcio
    Chorando, implorando o meu amor de volta

    O meu amor de volta

    10
    #10 Te Assumo
    Diego e Arnaldo

    Escolha entre nós dois
    Quem vai valer a pena de verdade
    Quem é que você sente mais saudade
    Já tô no meu limite, escolha aí

    Prova que me ama
    E larga dele, fica só comigo
    Confesso que sou dependente desse amor bandido
    Cheguei no meu limite, escolha aí

    Se põe no meu lugar
    Eu não suporto imaginar você com ele
    Faz amor na minha cama
    Depois fala que me ama
    Mas a noite você volta e vai dormir nos braços dele

    Ciúme
    Sei que sou seu amante, mas sinto ciúme
    Se não sente mais nada por ele, me assume
    Que eu troco um quarto de motel
    Por uma lua de mel

    Se vira
    Invente uma história pra ele e me avisa
    Só me fala a hora e o lugar que eu te busco
    E te levo direto pro altar não importa o lugar
    Te assumo

    11
    #11 Não Fala Não Pra Mim
    Humberto e Ronaldo

    Lá vai minha saudade beber uns Danone
    Pra ver se a vontade de te ver some de uma vez da minha cabeça
    Eu já to vendo a surra de enxaqueca

    Lá vai meu orgulho perdendo a vergonha
    A comanda enchendo, os dedos tremendo com vontade de ligar
    Já to com medo de me rejeitar

    Não fala não pra mim, bebê
    Senão eu morro de beber
    Nessa fossa que eu tô, não dá
    E é só você pra me salvar

    Não fala não pra mim, bebê
    Senão eu morro de beber
    Fala que ainda sou o seu amor
    Ô Jerry Smith me ajuda, por favor

    Ô, bebê, sinto falta de te ver aqui
    Sentando, quicando, beijando essa boca que é só sua
    Igual a você não acho nem na Terra nem na Lua
    Jerry Smith chegou pra ajudar Humberto e Ronaldo
    Atende o coração desse pobre coitado

    Não fala não pra mim, bebê
    Senão eu morro de beber
    Nessa fossa que eu tô, não dá
    E é só você pra me salvar

    Não fala não pra mim, bebê
    Senão eu morro de beber
    Fala que ainda sou o seu amor
    Salva meu coração, por favor

    12
    #12 Ainda Sou Tão Seu
    F

    Era mais fácil ter beijado aquela boca
    Mais cedo na balada
    Era mais fácil ter ficado com minha turma
    Só enchendo a cara

    Por que que eu não quis passar meu telefone pra ninguém
    Outra vez?
    Por que que eu corri pro banheiro quando alguém falou seu nome?

    E chorei, chorei
    Parece que eu ainda não tô pronto pra beber
    Pra sair, pra viver!

    Ainda sou tão seu
    Adivinha quem ainda não te esqueceu?
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu

    Ainda sou tão seu
    Adivinha quem ainda não te esqueceu?
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu

    E chorei, chorei
    Parece que eu ainda não tô pronto pra beber
    Pra sair, pra viver!

    Ainda sou tão seu
    Adivinha quem ainda não te esqueceu?
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu

    Ainda sou tão seu
    Adivinha quem ainda não te esqueceu?
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu
    Nem meu coração, nem eu

    13
    #13 Raggae In Roça
    Zezé di Camargo e Luciano

    Menina será que se caiu do céu
    Ou tô te confundindo com uma estrela
    Seu brilho ilumina esse lugar
    Moça não repare no meu jeito simprão
    Eu sou bicho do mato me criei no sertão
    Fogueira ta acesa pra te aquecer
    Eu to apaixonado

    Vem na levada reggae in roça
    Dançar a luz da lua cheia
    Que nós acende um paieiro e fica junto o tempo inteiro
    Vem na levada reggae in roça
    Já deu pra ver que nós combina
    Se patricinha já é linda imagina de butina
    Papai do céu me deu essa menina

    14
    #14 Ja Convenci
    Thiago Brava

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    Já me cansei
    De ficar surfando em maré de azar
    Você querendo ir eu querendo voltar
    Mas olha a novidade em primeira mão
    Já sei quem é o dono do seu coração

    E é esse cara tatuado e vagabundo
    Que a patricinha não esquece um segundo
    Eu não preciso mais de nada pra te convencer
    Sabe por que

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    Já me cansei
    De ficar surfando em maré de azar
    Você querendo ir eu querendo voltar
    Mas olha a novidade em primeira mão
    Já sei quem é o dono do seu coração

    E é esse cara tatuado e vagabundo
    Que a patricinha não esquece um segundo
    Eu não preciso mais de nada pra te convencer
    Sabe por que

    Já convenci até o mar deixar de onda
    Já convenci o sol se por no meu lugar
    Já convenci o Alasca a quebrar o gelo
    E vou te convencer me amar

    15
    #15 Quem Ensinou Fui Eu
    Maiara e Maraísa

    Tá tirando onda aí com o meu ex-namoradinho
    Passando na boca que era minha
    Coitada, já caiu na conversinha

    Mas eu não dou um mês, parece até replay
    A gente larga, ele arruma uma trouxa
    Pra passar ciúme em mim outra vez
    Não dou um mês, parece até replay
    Tá achando que é 0 km, mas eu já rodei

    Se ele te beija gostoso
    Dá um amasso cabuloso
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu
    Se ele faz a noite inteira
    Pede pra falar besteira
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu

    Se ele te beija gostoso
    Dá um amasso cabuloso
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu
    Se ele faz a noite inteira
    Pede pra falar besteira
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu

    Mas eu não dou um mês, parece até replay
    A gente larga, ele arruma uma trouxa
    Pra passar ciúme em mim outra vez
    Não dou um mês, parece até replay
    Tá achando que é 0 km, mas eu já rodei

    Se ele te beija gostoso
    Dá um amasso cabuloso
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu
    Se ele faz a noite inteira
    Pede pra falar besteira
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu

    Se ele te beija gostoso
    Dá um amasso cabuloso
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu
    Se ele faz a noite inteira
    Pede pra falar besteira
    Quem ensinou fui eu
    Quem ensinou fui eu

    Tá tirando onda aí com o meu ex-namoradinho

    16
    #16 Rapariga Não
    João Neto e Frederico

    Só porque virou sua ex
    Que tanto faz ou tanto fez
    Por ela era apaixonado
    E olha que não tem um mês

    Você não sabe o que é amor
    Quando quis, ela serviu
    Ela foi mulher fiel
    Ela nunca te traiu

    Se alguém aqui não presta, é você!

    Rapariga não, rapariga não
    Lava sua boca com água e sabão
    Rapariga não, rapariga não
    Não é só um corpinho bonito
    Ela também tem coração

    Rapariga não, rapariga não
    Lava sua boca com água e sabão
    Rapariga não, rapariga não
    Não é só um corpinho bonito
    Ela também tem coração

    Só porque virou sua ex
    Que tanto faz ou tanto fez
    Por ela era apaixonado
    E olha que não tem um mês

    Você não sabe o que é amor
    Quando quis, ela serviu
    Ela foi mulher fiel
    Ela nunca te traiu

    Se alguém aqui não presta, é você!

    Rapariga não, rapariga não
    Lava sua boca com água e sabão
    Rapariga não, rapariga não
    Não é só um corpinho bonito
    Ela também tem coração

    Rapariga não, rapariga não
    Lava sua boca com água e sabão
    Rapariga não, rapariga não
    Não é só um corpinho bonito
    Ela também tem coração

    Lava sua boca com água e sabão
    Não é só um corpinho bonito
    Ela também tem coração

    17
    #17 Onde Já Se Viu
    Thaeme e Thiago

    Olha ela com a maquiagem borrada
    Sentada com o vestido preto de balada
    Fim de noite, tão só
    Secando as lágrimas com o cabelo no rosto
    E eu me perguntando quem seria o louco
    De deixar ela assim, tão só

    Ah, se fosse eu
    Você estaria agora no banco do passageiro
    Eu erraria o caminho pra ficar mais tempo
    Com você

    Onde já se viu?
    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    Olha ela com a maquiagem borrada
    Sentada com o vestido preto de balada
    Fim de noite, tão só
    Secando as lágrimas com o cabelo no rosto
    E eu me perguntando quem seria o louco
    De deixar ela assim, tão só

    Ah, se fosse eu
    Você estaria agora no banco do passageiro
    Eu erraria o caminho pra ficar mais tempo
    Com você

    Onde já se viu?
    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    Um anjo desses perdido na rua
    O que fizeram com você foi covardia
    Hoje você não vai embora sozinha
    Entra no carro e não sai mais da minha vida

    18
    #18 1,2,3
    Cleber e Cauan

    Eu ri
    Quando soube por ai que você disse que está bem melhor sozinha
    Que eu vou sentir saudade do tempo em que você era minha
    Eu pensei tadinha

    Eu te esqueço
    Mais rápido do que um queniano faz 100 milhas
    Mais rápido do que o Flash dobra aquela esquina
    E pra te provar
    E pra te provar

    Eu vou contar até três e vou te esquecer, quer vê
    1,2,3 é não deu, pera ae
    Eu vou contar até três e vou te esquecer, quer vê
    1,2,3 é não deu, fazer o que

     

    19
    #19 Bom Rapaz
    Fernando e Sorocaba

    Vai ficar olhando ou vai levar
    Essa joia pra sua casa?
    Olha, você tá ouvindo um sim
    De quem disse não pra tantos caras

    Ela já se machucou demais
    Promete que vai ser um bom rapaz?
    E se ela disser: Vem! Cê pega e vai
    E não solta nunca mais
    E não solta nunca mais

    Outra dessa, cê não acha
    Olha como ela te abraça
    E você ganhou de graça
    Corre, que essa chance passa
    Corre, senão ela escapa

    Vai ficar olhando ou vai levar
    Essa joia pra sua casa?
    Olha, você tá ouvindo sim
    De quem disse não pra tantos caras

    Ela já se machucou demais
    Promete que vai ser um bom rapaz?
    E se ela disser: Vem! Cê pega e vai
    E não solta nunca mais
    E não solta nunca mais

    Outra dessa, cê não acha
    Olha como ela te abraça
    E você ganhou de graça
    Corre, que essa chance passa
    Corre, senão ela escapa

    Outra dessa, cê não acha
    (Outra dessa, cê não acha)
    Olha como ela te abraça
    (Olha como ela te abraça)
    E você ganhou de graça
    Corre, que essa chance passa
    Corre, senão ela escapa

    Corre, que essa chance passa

    Outra dessa, cê não acha
    Olha como ela te abraça
    (Olha como ela te abraça)
    E você ganhou de graça
    Corre, que essa chance passa
    Corre, senão ela escapa

    20
    #20 Segue O Plano
    George Henrique e Rodrigo
    Não é porque a gente terminou que eu te desejo mal
    Pelo contrário, eu quero te ver bem
    Se não der certo, o que é que tem?
    A culpa é de ninguém
    ‘Tô na torcida pra que você consiga o que tanto sonhou
    Que faça a tal viagem pro exterior
    Tomara que se case aos vinte e poucos anos
    Segue o plano
    Te desejo tudo de bom
    Porque o melhor você já perdeu
    Me perdeu
    Me perdeu
    Te desejo tudo de bom
    Porque o melhor você já perdeu (diz ai)
    Me perdeu
    Me perdeu
    O melhor de você era eu
    ‘Tô na torcida pra que você consiga o que tanto sonhou
    Que faça a tal viagem pro exterior
    Tomara que se case aos vinte e poucos anos
    Segue o plano
    Te desejo tudo de bom
    Porque o melhor você já perdeu
    Me perdeu
    Me perdeu
    Te desejo tudo de bom
    Porque o melhor você já perdeu
    Me perdeu
    Me perdeu
    O melhor de você era eu
    Me perdeu
    Me perdeu
    Te desejo tudo de bom
    Porque o melhor você já perdeu
    Me perdeu
    Me perdeu
    O melhor de você era eu
    21
    #21 2050
    Luan Santana

    Em 2050
    Posso ser um taxista de aeroporto
    Contando a minha história a um garoto
    Falando de quando eu te conheci

    Em 2050
    Eu vou ter algumas rugas no meu rosto
    E uma foto sua no meu bolso
    E vou mostrar sorrindo pra esse moço
    E dizer assim

    Olha aqui a minha véia
    Torce pra você achar uma dessas
    Na vida, isso é tudo que interessa
    Minha melhor corrida foi pra ela, foi pra ela

    Olha aqui a minha véia
    Torce pra você achar uma dessas
    Na vida, isso é tudo o que interessa
    Desculpa te alugar com essa conversa
    Pra todo passageiro, eu falo dela

    Em 2050
    Eu vou ter algumas rugas no meu rosto
    E uma foto sua no meu bolso
    E vou mostrar sorrindo pra esse moço

    Olha aqui a minha véia
    Torce pra você achar uma dessas
    Na vida, isso é tudo que interessa
    Minha melhor corrida foi pra ela, foi pra ela

    Olha aqui a minha véia
    Torce pra você achar uma dessas
    Na vida, isso é tudo o que interessa
    Desculpa te alugar com essa conversa
    Pra todo passageiro, eu falo dela

    Olha aqui a minha véia
    Torce pra você achar uma dessas
    Na vida, isso é tudo o que interessa
    Desculpa te alugar com essa conversa
    Pra todo passageiro eu falo dela
    Só dela, só dela, só dela

    Em 2050

    22
    #22 Prefiro Nem Perguntar
    D

    Eu ouvir dizer que você tá novamente na cidade
    Ontem pensei em ligar mas quando vi já era tarde
    Bem melhor pensar assim do que na falta de coragem

    Sei vai ser inevitável a gente se encontrar
    Sei é natural a gente se esbarrar
    Os mesmos amigos
    Os mesmos lugares
    Só a gente sem graça tentando disfarçar

    Como tá a sua vida?
    O seu aniversário?
    Cê tava acompanhada no último ano?
    E a faculdade? Deve tá quase formando
    E o coração como é que tá?
    Quer saber, deixa pra lá
    Prefiro nem perguntar

    23
    #23 Ao Vivo e A Cores (part. Anitta)
    Matheus e Kauan

    Por que você não sai daí e vem aqui?
    Pode invadir, pode chegar, pode ficar
    No meu quarto, no meu abraço, apertado
    Duvido que cê vai querer ir embora, não apavora
    Depois do amor a gente vai fazendo hora
    E eu não aguento mais, eu não aguento mais

    A tela fria desse celular, só ver sua foto não vai me esquentar
    Amar você de longe é tão ruim
    Te quero ao vivo e a cores aqui, aqui

    Por que você não sai daí e vem aqui?
    Pode invadir, pode chegar, pode ficar
    No meu quarto, no meu abraço, apertado
    Duvido que cê vai querer ir embora, não apavora
    Depois do amor a gente vai fazendo hora
    E eu não aguento mais, eu não aguento mais

    A tela fria desse celular, só ver sua foto não vai me esquentar
    Amar você de longe é tão ruim
    Te quero ao vivo e a cores aqui, aqui

    Aqui
    Iêêê, uôôô

    Então sai daí, sai daí, vem aqui, vem invadir, invadir o meu quarto
    Meu abraço apertado, vem, vem, duvido que cê vai querer sair
    Por que você não sai daí, sai daí, sai daí, vem aqui, vem invadir, invadir o meu quarto
    Meu abraço, meu abraço apertado
    Eu não aguento mais

    Olhar pra tela fria desse celular, só ver sua foto não vai me esquentar
    Amar você de longe é tão ruim
    Te quero ao vivo e a cores aqui, aqui

    Aqui
    Iêêê, uôôô

    24
    #24 Super Homem Chora
    João Bosco e Vinícius

    Mais um episódio dessa série sem final
    Coisa do coração, do coração
    Outra briga outra confusão
    Quem é o mocinho? Qual é o vilão?

    Ele já está moendo
    A vida continua
    Já saiu, já bebeu, já ta todo empolgada com boca de rua

    Ela está em outro nível
    Escolheu não sofrer
    E ele lá achando que tem um super poder de esquecer

    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora, ele chora
    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora
    Ela sabe que ele voa e volta

    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora, ele chora
    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora
    Ela sabe que ele voa e volta

    Mais um episódio dessa série sem final
    Coisa do coração, do coração
    Outra briga outra confusão
    Quem é o mocinho? Qual é o vilão?

    Ele já está moendo
    A vida continua
    Já saiu, já bebeu, já ta todo empolgada com boca de rua

    Ela está em outro nível
    Escolheu não sofrer
    E ele lá achando que tem um super poder de esquecer

    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora, ele chora
    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora
    Ela sabe que ele voa e volta

    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora, ele chora
    Quando a mulher maravilha vai embora
    O super-homem chora
    Ela sabe que ele voa e volta

    25
    #25 Cancela O Sentimento (part. Marilia Mendonça)
    Marcos e Belutti

    Não era pra passar do beijo, mas passou
    Não era pra ficar no quarto, mas ficou
    E amanheceu
    Inédito o que aconteceu

    A gente nem se enrolava no lençol direito
    Mas, essa noite, a vibe bateu forte, que deu medo
    E foi estranho
    Depois do amor, escapar da sua boca: Eu te amo

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    Não era pra passar do beijo, mas passou
    Não era pra ficar no quarto, mas ficou
    E amanheceu
    Inédito o que aconteceu

    A gente nem se enrolava no lençol direito
    Mas, essa noite, a vibe bateu tanto, que deu medo
    E foi estranho
    Depois do amor, escapar da sua boca um: Te amo

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    Cancela o sentimento
    Nem fala que me ama, ai ai
    A gente acorda junto, não estraga tudo
    Não traz o coração pra cama

    26
    #26 Mais Amor E Menos Drama
    Henrique e Juliano

    Faz tão pouco tempo que provei teu beijo
    Gostei, mas eu não nego que eu tô com medo
    Vai que acontece como da última vez
    Me entrego, te amo, cê foge, sobrei

    Quando eu tento ir devagar, daí cê vem pra cima
    Basta uma mensagem e olha você virando a esquina
    Na minha intimidade, você foi entrando
    Meus pais já te aprovaram e a gente tá só ficando

    Mas antes de te entregar meu coração
    Eu preciso saber da sua intenção
    Se é só fogo de palha, qualquer boca apaga
    Se for por aí, a gente para

    Antes de te entregar meu coração
    Eu preciso saber da sua intenção
    Se é só fogo de palha, qualquer boca apaga
    Se for por aí, a gente para

    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama
    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama

    E quando eu tento ir devagar, daí cê vem pra cima
    Basta uma mensagem e olha você virando a esquina
    Na minha intimidade, você foi entrando
    Meus pais já te aprovaram e a gente tá só ficando

    Mas antes de te entregar meu coração
    Eu preciso saber da sua intenção
    Se é só fogo de palha, qualquer boca apaga
    Se for por aí, a gente para

    Antes de te entregar meu coração
    Eu preciso saber da sua intenção
    Se é só fogo de palha, qualquer boca apaga
    Se for por aí, a gente para

    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama
    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama

    Mas antes de te entregar meu coração
    Eu preciso saber da sua intenção
    Se é só fogo de palha, qualquer boca apaga
    Se for por aí, a gente para

    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama
    Para na minha cama até dizer que me ama
    Mais amor e menos drama
    Mais amor e menos drama

    27
    #27 Coração Ressacado
    Jads e Jadson

    Coração ressacado e esse copo meu pela metade
    Cerveja gelada não cura saudade
    Nem trás de volta a pessoa amada

    A gente finge que está bem
    Mas é cada recaída que dá
    O dedo chega a coçar de vontade de ligar
    Mesmo sabendo que vai recusar

    Recusou
    E só de imaginar outro beijando a boca dela
    Na horizontal fazendo amor com ela
    Ai, ai, ai, ai, ai meu coração apela

    De amor eu nunca vi uma pessoa morrer
    Mas eu vi foi muito “bebum” apaixonado
    E é nesse perfil que hoje eu me encaixo

    De amor eu nunca vi uma pessoa morrer
    Mas eu vi foi muito bebum apaixonado
    E é nesse perfil que hoje eu me encaixo

    Coração ressacada e esse copo meu pela metade
    Cerveja gelada não cura saudade
    Nem trás de volta a pessoa amada

    A gente finge que está bem
    Mas é cada recaída que dá
    O dedo chega a coçar de vontade de ligar
    Mesmo sabendo que vai recusar

    Recusou
    E só de imaginar outro beijando a boca dela
    Na horizontal fazendo amor com ela
    Ai, ai, ai, ai, ai meu coração apela

    De amor eu nunca vi uma pessoa morrer
    Mas eu vi foi muito bebum apaixonado
    E é nesse perfil que hoje eu me encaixo

    De amor eu nunca vi uma pessoa morrer
    Mas eu vi foi muito bebum apaixonado
    E é nesse perfil que hoje eu me encaixo

    28
    #28 Anti-Amor (part. Jorge e Mateus)
    Gustavo Mioto

    Tô aqui pra te contar
    Por aqui tá tudo em paz, tudo bem
    Eu já nem te amo mais
    Comecei a me tratar de você, e quer saber?
    Te esqueci há uma semana atrás

    E aquela loucura de mudar pra Salvador
    Esquece, eu nem gosto de calor
    Se fez uma cozinha maior
    Pra juntar a família ao redor
    Esquece, jantar fora é bem melhor

    Coração receitou
    De 8 em 8 horas, uma dose de anti-amor
    Já tomei, funcionou
    Eu sou paciente, coração é meu doutor

    Coração receitou
    De 8 em 8 horas, uma dose de anti-amor
    Já tomei, funcionou
    Eu sou paciente, coração é meu doutor

    PS: Hoje eu ganhei alta
    Nem sinto mais sua falta
    PS: Hoje eu ganhei alta
    Não sinto mais sua falta

    E aquela loucura de mudar pra Salvador
    Esquece, eu nem gosto de calor
    Se fez uma cozinha maior
    Pra juntar a família ao redor
    Esquece, jantar fora é bem melhor

    Coração receitou
    De 8 em 8 horas, uma dose de anti-amor
    Já tomei, funcionou
    Eu sou paciente, coração é meu doutor

    Coração receitou
    De 8 em 8 horas, uma dose de anti-amor
    Já tomei, funcionou
    Eu sou paciente, coração é meu doutor

    PS: Hoje eu ganhei alta
    Não sinto mais sua falta
    PS: Hoje eu ganhei alta
    Não sinto mais sua falta
    Não sinto mais sua falta

    29
    #29 Romance Com Safadeza (part. Anitta)
    Wesley Safadão

    Que eu te amo, muita gente sabe
    Já dei prova em forma de buquê
    Quem olha pra mim, não vê maldade
    Maldade só na hora do prazer

    E daí se você é gostosa?
    Se você sobe e desce na festa?
    Se você tá virando tequila, não me interessa

    Sabe por que eu não te largo?
    Cê faz gostoso e ainda põe leite condensado
    Sabe por que você não me deixa?
    É que eu misturo romance com safadeza

    Sabe por que eu não te largo?
    Cê faz gostoso e ainda põe leite condensado
    Sabe por que cê não me deixa?
    É que eu misturo romance com safadeza

    Vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    Vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    E que eu te amo, muita gente sabe
    Eu já dei prova em forma de buquê
    Quem olha pra mim, não vê maldade
    Maldade só na hora do prazer

    E daí se você é gostosa?
    Se você sobe e desce na festa?
    Se você tá virando tequila, não me interessa

    Sabe por que eu não te largo?
    Cê faz gostoso e ainda põe leite condensado
    Sabe por que você não me deixa?
    É que eu misturo romance com safadeza

    Sabe por que eu não te largo?
    Cê faz gostoso e ainda põe leite condensado
    Sabe por que você não me deixa?
    É que eu misturo romance com safadeza

    Vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    Então vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    Vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    Vai, me beija
    Pede, eu faço
    A gente balançando o quarto

    30
    #30 Bêbado No Máximo
    Bruno e Barreto

    A verdade é que a sociedade não tem dó do bêbado
    Você me julga, mas não me pergunta por que eu bebo assim
    Você não perguntou, mas eu vou falar do mesmo jeito
    É que a minha paixão não quer mais saber de mim
    E é por isso que hoje de novo eu vou ficar

    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Se não sofre de amor, não venha me dar sermão
    Me pedindo pra apreciar com moderação
    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Pra que todo esse preconceito comigo
    Se eu só esvazio essas garrafas pra preencher vazios?

    A verdade é que a sociedade não tem dó do bêbado
    Você me julga, mas não me pergunta por que eu bebo assim
    Você não perguntou, mas eu vou falar do mesmo jeito
    É que a minha paixão não quer mais saber de mim
    E é por isso, que hoje de novo eu vou ficar

    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Se não sofre de amor, não venha me dar sermão
    Me pedindo pra apreciar com moderação
    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Pra que todo esse preconceito comigo
    Se eu só esvazio essas garrafas

    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Se não sofre de amor, não venha me dar sermão
    Me pedindo pra apreciar com moderação
    Bêbado no máximo
    Sofrendo no máximo
    Pra que todo esse preconceito comigo
    Se eu só esvazio essas garrafas pra preencher vazios?

    31
    #31 Por Trás da Maquiagem (part. Marilia Mendonça)
    Michel Teló
    Chega de se esconder por trás da maquiagem
    A quem você quer enganar? Deixa de bobagem
    Chega de esconder atrás de um copo de whisky
    Por trás desse sorriso, tem uma pessoa triste
    Eu sei, te conheço tão bem
    Homem que ama a mulher
    Não borra o seu rímel
    Ele borra o seu batom
    Depois de um beijo bom
    E aí, quando vai deixar de sofrer?
    E aí, quando vai perceber?
    E aí, quando vai deixar de sofrer?
    E aí, quando vai perceber
    Que eu sou o cara certo pra você?
    Chega de se esconder por trás da maquiagem
    A quem você quer enganar? Deixa de bobagem (chega, chega)
    Chega de esconder atrás de um copo de whisky
    Por trás desse sorriso, tem uma pessoa triste
    Eu sei, te conheço tão bem
    Homem que ama a mulher
    Não borra o seu rímel
    Ele borra o seu batom
    Depois de um beijo bom
    E aí, quando vai deixar de sofrer?
    E aí, quando vai perceber?
    E aí, quando vai deixar de sofrer?
    E aí, quando vai perceber
    Que eu sou o cara certo pra você?
    32
    #32 Quem é Seu Favorito? (part. Zé Neto e Cristiano)
    Zé Ricardo e Thiago

    Eu já entrei sabendo
    Que você já tinha alguém na sua vida
    E pra não dar conflito
    Fica com ele a noite e vem me ver de dia

    E toda vez que vem me procurar
    Já vai contando quantos passos gasta pra voltar
    Porque você sabe quando chega lá
    O beijo e abraço dele vai te repunar

    Eu nem vou perguntar com quem você quer ficar
    Porque se fosse ele agora você tava lá
    Eu nem vou perguntar quem é seu favorito
    Porque se fosse ele você não tava aqui comigo

    E toda vez que vem me procurar
    Já vai contando quantos passos gasta pra voltar
    Porque você sabe que quando chegar lá
    O beijo e abraço dele vai te repunar

    Eu nem vou perguntar com quem você quer ficar
    Porque se fosse ele agora você tava lá
    Eu nem vou perguntar quem é seu favorito
    Porque se fosse ele você não tava aqui comigo

    33
    #33 Amor Falsto (part. Aldair Playboy e Kevinho)
    Wesley Safadão

    Abre o jogo, acabou
    Pra quê esconder esse falso amor?
    Eu confiei, me entreguei
    Meu coração logo se machucou

    Noite do meu lado
    Fico aqui imaginando
    Mas como pude cair
    Nessa farsa de amor?

    E parabéns pra você
    Que me fez entender
    Que minha paixão não é você
    Obrigado
    Por demonstrar esse amor falso

    E parabéns pra você
    Que me fez entender
    Que minha paixão não é você
    Obrigado
    Por demonstrar esse amor falso

    34
    #34 Transplante (part. Bruno e Marrone)
    Marília Mendonça

    Outra vez
    A sua boca fala
    E o coração desmente
    E aí, como é que você se sente?

    Só me conta como foi sem mim
    Na primeira farra
    Quem deixou de beber
    E dirigiu por você
    Até sua casa?

    Só me conta quem vai dividir contigo
    O último pedaço
    E o outro lado do fone de ouvido, ô ô

    Esse coração aí
    Tá se fazendo de bobo
    Ele gosta mesmo é de mim
    Esse coração aí
    Tá sendo ignorante
    Pra me esquecer, vai precisar de um transplante

    Esse coração aí
    Tá se fazendo de bobo
    Ele gosta mesmo é de mim
    Esse coração aí
    Tá sendo ignorante
    Pra me esquecer, vai precisar de um transplante
    Ai ai, ai ai

    Só me conta quem vai dividir contigo
    O último pedaço
    E o outro lado do fone de ouvido, ô ô

    Esse coração aí
    Tá se fazendo de bobo
    Ele gosta mesmo é de mim
    Esse coração aí
    Tá sendo ignorante
    Pra me esquecer, vai precisar de um transplante

    Esse coração aí
    Tá se fazendo de bobo
    Ele gosta mesmo é de mim
    Esse coração aí
    Tá sendo ignorante
    Pra me esquecer, vai precisar de um transplante
    Ai ai, ai ai

    Pra me esquecer, vai precisar de um transplante

    35
    #35 Mulher Também Trai
    João Neto e Frederico

    Mulher também trai, mulher também trai
    Quando falta carinho e respeito, aí ela trai
    Mulher também trai, mulher também trai
    Quando o homem é cachorro e galinha, aí ela trai

    Sou seu amigo, mas não vou te defender
    Dessa vez eu tô do lado dela
    Você que pôs tudo a perder
    Foi vigarista, achou que nada ia acontecer
    Bebendo, chorando, falando mal dela
    Respeita, o culpado é você

    É fácil julgar depois que acabou
    Esqueceu do tanto que você aprontou
    Deixava ela sozinha por causa dos esqueminhas
    Pagou pra ver
    Agora quem levou o chifre foi você

    Mulher também trai, mulher também trai
    Quando falta carinho e respeito, aí ela trai
    Mulher também trai, mulher também trai
    Quando o homem é cachorro e galinha, aí ela trai

    36
    #36 Se Eu Te Procurar
    Diego e Arnaldo

    Tô ligando antes
    Por favor, desculpe a hora
    Eu não bebi
    Mas vou começar agora

    Já tô avisando em nome de tudo que vivemos
    Que já te esqueci, isso nós dois sabemos

    Mas você sabe também
    Que copo vai, copo vem
    A gente fica sem rumo
    Coração fica bobo
    E bate achando
    Que tá amando de novo

    E se eu te procurar
    Não abre a porta
    É que eu bebi, tô alterado

    E se eu te procurar
    Chama a polícia
    Que eu tô mal intencionado

    Se eu te procurar
    Desconsidera
    Logo o fogo passa
    E esse amor já era!

    37
    #37 Faxina (part. Simone e Simaria)
    Fred e Gustavo

    Ele deixou você uma bagunça
    Tá precisando mesmo de ajuda

    E é por isso que eu estou aqui
    Com esse balde cheio de paixão
    Disposto a começar uma faxina no seu coração

    Deixa comigo, que eu não vou deixar
    Lembranças embaixo do tapete

    Eu vou trocar seu sentimento de lugar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    O que ele amarrotou, eu passo
    Comigo não tem espaço pra você lembrar de outro

    E eu não tenho pressa pra acabar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    Você me paga com amor
    Quando eu deixar o seu coração brilhando de novo

    E é por isso que eu estou aqui
    Com esse balde cheio de paixão
    Disposto a começar uma faxina no seu coração

    Deixa comigo, que eu não vou deixar
    Lembranças embaixo do tapete

    Eu vou trocar seu sentimento de lugar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    O que ele amarrotou, eu passo
    Comigo não tem espaço pra você lembrar de outro

    E eu não tenho pressa pra acabar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    Você me paga com amor
    Quando eu deixar o seu coração brilhando de novo

    Eu vou trocar seu sentimento de lugar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    O que ele amarrotou, eu passo
    Comigo não tem espaço pra você lembrar de outro

    E eu não tenho pressa pra acabar
    Na cama que ele congelou, vou botar fogo
    Você me paga com amor
    Quando eu deixar o seu coração brilhando de novo

    38
    #38 Sua Melhor Versão
    Bruno e Marrone

    Hoje me disseram que cê beija bem
    Eu sei, ontem a noite eu que te beijei
    Falaram bem do cheiro do seu corpo
    Conheço, esse perfume foi eu quem te dei

    E nem precisa me explicar nada
    Melhor não estragar a madrugada
    Você já sabe onde tá pisando
    O nosso tempo tá quase acabando

    Em meia hora o sol vai nascer
    Eu tô querendo o melhor de você

    Da porta pra fora
    Pouco importa se a gente é amante ou amigo
    O que vale é que aqui na cama
    Sua melhor versão tá deitada comigo

    39
    #39 Disco Arranhado
    César Menotti e Fabiano
    Se ficar dançando assim desse jeito
    Vão achar que a música é boa
    Com você tudo fica perfeito
    Esse sorrisão mais lindo do mundo
    De quem a vida é tão maravilhosa
    Mesmo ela não sendo isso tudo
    E que tal outro lugar
    Pra sua casa ou pra minha vida
    Você escolhe, você escolhe
    Tristeza vai se matar com uma dose de alegria
    Com você completando o meu dia
    Vem ser a minha semana
    Meu fim de semana e o meu feriado
    Meu remédio controlado
    O meu disco arranhado
    Naquela parte que diz eu te amo, te amo
    Te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo
    Se ficar dançando assim desse jeito
    Vão achar que a música é boa
    Com você tudo fica perfeito
    E esse sorrisão mais lindo do mundo
    De quem a vida é tão maravilhosa
    Mesmo ela não sendo isso tudo
    E que tal outro lugar
    Pra sua casa ou pra minha vida
    Você escolhe, você escolhe
    Tristeza vai se matar com uma dose de alegria
    Com você completando o meu dia
    Vem ser a minha semana
    Meu fim de semana e o meu feriado
    Meu remédio controlado
    O meu disco arranhado
    Naquela parte que diz eu te amo, te amo
    Te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo
    Vem ser a minha semana
    Meu fim de semana e o meu feriado
    Meu remédio controlado
    O meu disco arranhado
    Naquela parte que diz eu te amo, te amo
    Te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo
    40
    #40 Só Dessa Vez
    H

    E corre, entra e bate a porta
    E jura que não vai embora
    Ainda tá do mesmo jeito
    O seu lado do guarda roupa

    Se estamos tão diferentes
    É isso que envolve a gente
    E tudo o que me faltar
    Eu completo com você

    E a espera de você
    Já fazia quase um mês
    Eu sei me perdoar
    Tá tão difícil
    Mas só dessa vez

    Só dessa vez
    Esquece as coisas do passado
    Vamos olhar pro outro lado
    Bobagem a gente discutir
    Prefiro que cê fique aqui
    E aos poucos vou mudando
    E me adaptando
    Eu troco tudo, tudo, tudo, tudo

    Só dessa vez
    Esquece as coisas do passado
    Vamos olhar pro outro lado
    Bobagem a gente discutir
    Prefiro que cê fique aqui
    E aos poucos vou mudando
    E me adaptando
    Eu troco tudo, tudo, tudo, tudo
    Pra não te deixar ir

    E a espera de você
    Já fazia quase um mês
    Eu sei me perdoar
    Tá tão difícil
    Mas só dessa vez

    Só dessa vez
    Esquece as coisas do passado
    Vamos olhar pro outro lado
    Bobagem a gente discutir
    Prefiro que cê fique aqui
    E aos poucos vou mudando
    E me adaptando
    Eu troco tudo, tudo, tudo, tudo

    Só dessa vez
    Esquece as coisas do passado
    Vamos olhar pro outro lado
    Bobagem a gente discutir
    Prefiro que cê fique aqui
    E aos poucos vou mudando
    E me adaptando
    Eu troco tudo, tudo, tudo, tudo
    Pra não te deixar ir

    41
    #41 Bebida Na Ferida
    Zé Neto e Cristiano

    Parecia um bom negócio
    Você se desfazer de mim
    Só não contava com os juros
    Que a saudade, no futuro, ia te cobrar por mim

    Agora tá de standby
    Vai fazer isso com os outros, vai
    Tudo que vai, volta, ai, ai, ai
    Quem abre também fecha a porta

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida
    Que bom que o álcool cicatriza

    Agora tá de standby
    Vai fazer isso com os outros, vai
    Tudo que vai, volta, ai, ai, ai
    Quem abre também fecha a porta

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida
    Que bom que o álcool cicatriza

    Joguei bebida na ferida
    Que bom que o álcool cicatriza

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida

    Te perder
    Foi a dor mais doída que eu senti na vida
    Sem você
    Joguei bebida na ferida
    Que bom que o álcool cicatriza

    42
    #42 Dona Maria
    Thiago Brava

    Me desculpe vir aqui desse jeito
    Me perdoe o traje de maloqueiro
    De camisa larga e boné pra trás
    Bem na hora da novela que a senhora gosta mais

    Faz 3 dias que eu não durmo direito
    Sua filha me deixou desse jeito
    E o que ela mais fala é que a senhora é brava
    Mas hoje eu não vou aceitar levar um não pra casa

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um desenho no céu

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um desenho no céu
    Que Deus pintou e jogou fora o pincel

    Me desculpa vir aqui desse jeito
    Me perdoa o traje de maloqueiro
    De camisa larga e boné pra trás
    Bem na hora da novela que a senhora gosta mais

    Faz 3 dias que eu não durmo direito
    Sua filha me deixou desse jeito
    E o que ela mais fala, que a senhora é brava
    Mas hoje eu não vou aceitar levar um não pra casa

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um desenho no céu

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um presente no céu
    Que Deus pintou e jogou fora o pincel

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um desenho no céu

    Dona Maria
    Deixa eu namorar a sua filha
    Vai me desculpando a ousadia
    Essa menina é um desenho no céu
    Que Deus pintou e jogou fora o pincel

    43
    #43 Solidão A Dois (part. Chitãozinho e Xororó)
    Victor e Léo

    O que será minha paixão
    Com quem eu dei meu coração
    O que será alguém pra amar
    Quando lhe amo aonde está
    O que será

    Solidão a dois
    Quem pode evitar
    Se deixa pra depois
    Um grande amor virá
    Só um coração
    Sabe muito bem
    O que é solidão
    Nos braços de alguém

    Onde estará quem esqueceu
    Deixei pra trás o medo de sofrer
    Onde estará só quem me fez enganar
    Com quem eu amo mas fui jogar
    Onde estará

    Solidão a dois
    Quem pode evitar
    Se deixa pra depois
    Um grande amor virá
    Só um coração
    Sabe muito bem
    O que é solidão
    Nos braços de alguém

    44
    #44 Paga de Solteiro Feliz
    Simone e Simaria
    Olha ele tomando cerveja na balada
    E uma mesa cheia de gatas e o coração vazio, tadinho
    Olha ele dando uma de durão
    Mas todo mundo sabe que seu coração é mole e pertence a mim
    ‘Ta aí porque não consegue mais dormir direito
    ‘Ta aí tentando esquecer os meus beijos
    Paga de solteiro feliz, mas quando chega em casa chora
    Ele chora, chora
    Olha ele tomando cerveja na balada
    E uma mesa cheia de gatas e o coração vazio, tadinho
    Olha ele dando uma de durão
    Mas todo mundo sabe que seu coração é mole e pertence a mim
    ‘Ta aí porque não consegue mais dormir direito
    ‘Ta aí tentando esquecer os meus beijos
    Paga de solteiro feliz, mas quando chega em casa chora
    E ele chora, chora
    Oh oh oh
    Chora
    Paga de solteiro feliz, mas quando chega em casa ele chora
    Ele chora, chora
    Paga de solteiro feliz, mas quando chega em casa chora
    Ele chora, chora
    45
    #45 Nosso Contrato (part. Luan Santana)
    Edson e Hudson

    Mexe no cabelo, me usa de espelho
    Quando for trocar de roupa
    Passa um batom, não importa a cor
    Porque eu vou tirar da boca

    Seu corpo é estrada
    E eu sou um carro sem freio
    Me quebra no meio
    E eu fico inteiro mesmo assim

    Algema meus punhos
    Envolta da sua cintura
    Se sente segura
    O que faz e a acontece em cima de mim

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Sente raiva do mundo e desconta na cama
    E me marca a pele com a unha

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Chama a gente de louco
    Eu concordo e assino em baixo

    É o nosso contrato

    Mexe no cabelo, me usa de espelho
    Quando for trocar de roupa
    Passa um batom, não importa a cor
    Porque eu vou tirar da boca

    Seu corpo é estrada
    E eu sou um carro sem freio
    Me quebra no meio
    Eu fico inteiro mesmo assim

    Algema meus punhos
    Envolta da sua cintura
    Se sente segura
    Faz e a acontece em cima de mim

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Sente raiva do mundo e desconta na cama
    E me marca a pele com a unha

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Chama a gente de louco
    Eu concordo e assino em baixo

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Sente raiva do mundo e desconta na cama
    E me marca a pele com a unha

    Você fala demais, sem abrir a boca
    Chama a gente de louco
    Eu concordo e assino em baixo

    É o nosso contrato
    É o nosso contrato
    É o nosso contrato

    46
    #46 Meu Coração Não Chora, Urra
    D

    Eu achei que ia ser mamão com açúcar
    Lavar mais uma roupa suja
    Mais uma briga burra
    Daquelas que acordou, acabou, passou
    Mas não foi assim
    Tô aqui e eu que não sabia nem beber
    Tô tentando todo santo dia até aprender
    Coração mole, vida dura
    De tanto apanhar um dia muda

    Meu coração não chora, urra
    Meu coração não chora, urra
    Saudade tá me dando surra
    Meu coração não chora, urra

    47
    #47 Pegada Que Desgrama
    Naiara Azevedo

    Não quero mais
    Tô vendo que a gente não tá dando certo
    Fala demais
    E ainda joga na cara que eu nunca presto

    Até que eu tento não ser trouxa
    Mas o problema é que cê tem, tem

    Um beijo gostoso que prende
    Seu jeito na cama me rende
    Um olhar safado que chama
    E uma pegada que desgrama
    Me diz, como é que não te ama?

    Um beijo gostoso que prende
    Seu jeito na cama me rende
    Um olhar safado que chama
    E uma pegada que desgrama
    Me diz, como é que não te ama?

    Adicionar à playlist
    Tamanho
    A
    A
    Cifra
    Imprimir
    Corrigir

    48
    #48 Beijo Bom
    Paula Fernandes
    Quantas você já amou?
    Poucos amei e bem sei
    Quando me lembro de alguém
    Só dá você
    Quantas você já beijou?
    Eu só beijei quem amei
    Mas se juntar quem amei
    Não dá você
    O que é que você tem, hein
    Que as outros não tem?
    De onde você vem, hein?
    Vem
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Quantas você já amou?
    Poucos amei e bem sei
    Quando me lembro de alguém
    Só dá você
    O que é que você tem, hein
    Que as outros não tem?
    De onde você vem, hein?
    Vem
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    Sabe um beijo bom? O seu
    Um abraço bom? O seu
    E olha o que aconteceu
    Deu certinho com o meu
    49
    #49 Oi
    L

    Entre ser só seu amigo e não ser nada
    Prefiro ser nada
    Onde é que eu vou guardar esse amor que tenho aqui?
    Me fala

    Como é que eu vou pegar na sua mão
    E não poder te levar pra casa?
    Ficar tão perto assim da sua boca
    E não poder beijá-la?

    E se um dia você me chamar
    Pra conversar debaixo de uma árvore
    E me contar que se apaixonou por alguém?
    É esse dia aí, justamente esse dia
    Eu não quero que aconteça
    Então, só amizade, esqueça

    E toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo (te amo)
    Toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo

    E se um dia você me chamar
    Pra conversar debaixo de uma árvore
    E me contar que se apaixonou por alguém?
    É esse dia aí, justamente esse dia
    Eu não quero que aconteça
    Então, só amizade, esqueça

    E toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo (te amo)
    Toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo

    E toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo (te amo)
    E toda vez que você me disser oi
    Eu vou responder só oi
    Com o meu peito gritando: Te amo

    50
    #50 Bobinha
    Jorge e Mateus
    Bobinha!
    Pra quê perguntar se essa roupa ‘ta boa?
    Pra quê maquiagem, batom nessa boca?
    Sair desse jeito já é covardia com as outras, aiai
    Pra quê insegurança?
    Até o espelho ‘ta querendo te abraçar, aiai
    Enquanto a mim não se preocupa não
    Que se eu tivesse outro coração
    Você também iria ocupar, aiai
    Linda!
    Com esse sorriso
    ‘Cê faz o que quer da minha vida, aiai
    Bobinha!
    O tanto que achar que eu te amo
    Amo mais ainda, aiai
    Eu te encomendei nos meus sonhos
    Deus fez na medida
    Bobinha!
    Pra quê perguntar se essa roupa ‘ta boa?
    Pra quê maquiagem, batom nessa boca?
    Sair desse jeito já é covardia com as outras, aiai
    Pra quê insegurança?
    Até o espelho ‘ta querendo te abraçar, aiai
    Enquanto a mim não se preocupa não
    Que se eu tivesse outro coração
    Você também iria ocupar, aiai
    Linda!
    Com esse sorriso
    ‘Cê faz o que quer da minha vida, ai ai ai ai
    Bobinha!
    O tanto que achar que eu te amo
    Amo mais ainda, ai ai ai ai
    Linda!
    Com esse sorriso
    ‘Cê faz o que quer da minha vida, ai ai ai ai
    Bobinha!
    O tanto que achar que eu te amo
    Amo mais ainda, ai ai ai ai
    Eu te encomendei nos meus sonhos
    Deus fez na medida
    Bobinha, ouo, bobinha
    Sua boba
    Top Vídeos
    #Video 1
    #Video2
    Vídeo #3
    Vídeo #4
    Vídeo #5
    Vídeo #6
    Vídeo #7
    Vídeo #8
    Vídeo #9
    Curta no Facebook
    Top 10 Músicas
    :: Apelido Carinhoso
    Gusttavo Lima
    1
    :: Apelido Carinhoso
    Gusttavo Lima
    2
    #2 Largado Às Traças
    Zé Neto e Cristiano
    3
    #3 Propaganda
    Jorge e Mateus
    4
    #4 Estranho
    Marília Mendonça
    5
    #5 Bua Bua
    Naiara Azevedo
    6
    #6 MC Lençol e DJ Travesseiro
    Luan Santana
    7
    #7 A Culpa É Dele
    Marília Mendonça
    8
    #8 Mundo de Ilusões
    Gusttavo Lima
    9
    #9 Olha Ela Aí
    Eduardo Costa
    10
    #10 Te Assumo
    Diego e Arnaldo
    O melhor do Sertanejo
    Site para amantes da música sertaneja, o Melhor do Sertanejo vem se tornando referência em divulgação eletrônica desde seu nascimento.

    Em 2013, totalmente reformulado, surge com uma proposta diferente para atingir tanto fãs quanto contatos importantes do mundo da música, assim fazendo com que a música sertaneja seja posta em evidência e novos artistas e-ou novas músicas impulsionados ao sucesso.
    Redes
    Sociais